vik muniz
colonies: flowers (vaccinia virus) pattern, 2014
c-print digital
180 x 180 cm
+

Vik Muniz nasceu em 1961, em São Paulo, Brasil. Ele mora e trabalha em Nova York e Rio de Janeiro. Individuais recentes incluem: Vik Muniz: Mas Acá de La Imagen (Museum of Contemporary Art, Lima, Peru, 2014); Vik Muniz: Pictures of Anything (Tel Aviv Museum, Tel Aviv, Israel, 2014); Vik Muniz: Poetics of Perception (Museum of Contemporary Art, Virginia Beach, EUA, 2014); Espelhos de papel (Galeria Nara Roesler, São Paulo, Brasil, 2013); Vik Muniz (Museo Banco de la Republica, Bogotá, Colombia, 2013).

 

Outras exposições individuais de Vik Muniz nos últimos anos foram: Vik Muniz, na House of Photography, Pictures of People, no Baltic Centre for Contemporary Art, Reino Unido; Vik Muniz, no Irish Museum of Contemporary Art, em Dublin; Vik Muniz, no Centro Galego de Arte Contemporânea de Santiago de Compostela, Espanha; Vik Muniz, no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro e no Museu de Arte Moderna de São Paulo. Suas principais exposições individuais nos EUA foram: The Things Themselves: Pictures of Dirt, no Whitney Museum of American Art, em Nova York; Vik Muniz, no Tang Teaching Museum and Art Gallery, em Nova York; Clayton Days, no Frick Art & Historical Center, em Pittsburgh; e Ver é Crer, no International Center of Photography, em Nova York.

 

Em dezembro de 2008, Vik foi o artista convidado da série de exposições Artist’s Choice: Vik Muniz-Rebus, do MoMA de Nova York. Além disto, Vik foi artista convidado da 49ª Bienal de Veneza, da 2000 Biennial Exhibition no Whitney Museum of American Art, da XXIV Bienal Internacional de São Paulo e da 46ª Exposição Bienal Media/Metaphor, na Corcoran Gallery of Art em Washington, EUA. Sua obra está representada nas coleções de grandes museus internacionais que incleum: The Art Institute of Chicago, Chigao, EUA; Museum of Contemporary Art of Los Angeles, Los Angeles, EUA; J. Paul Getty Museum, Nova York, EUA; Metropolitan Museum of Art, Nova York, EUA; MoMA, Nova York, EUA; Museu de Arte Moderna de São Paulo, São Paulo, Brasil; e Victoria and Albert Museum, Londres, Inglaterra; entre outros.  Além de fazer arte, Vik está envolvido em projetos sociais que usam a criação artística como força transformadora. Um desses projetos é apresentado em Waste Land, documentário realizado em 2010 sobre o trabalho de Vik com catadores de lixo brasileiros. O filme foi indicado ao Oscar e ganhou o prêmio de Melhor Filme no Festival de Sundance, entre outros prêmios. Em 2011, Muniz foi nomeado Good Will Ambassador pela UNESCO.

 

 

 

 

 

 

 

 

Exposições

+